12 Jogos de Guerra que Todos Deveriam Experimentar!

Sendo com precisão histórica ou não, o fato é que os jogos de Guerra têm um lugar cativo no coração de muitos players. Afinal, os games que abordam essa temática costumam apresentar altos níveis de intensidade e um “grande pacote de emoções”.

E o mais interessante é que esses jogos não ficam presos a um único gênero. Isto é, jogos de guerra podem ser encontrados no grupo dos jogos de ação, jogos FPS, jogos de estratégia e muito mais. Aliás, essa versatilidade é mais um motivo que justifica a popularidade dos games que seguem essa linha.

Então, para dar exemplos capazes de ilustrar a popularidade e a versatilidade dos jogos de guerra, eu resolvi criar esta lista. Aqui, você irá encontrar 12 games que todos os players deveriam experimentar. Vamos dar uma olhada?

Medal of Honor

Jogos de Guerra

Bem, como uma lista de jogos de guerra que não cita Medal of Honor não pode ser levada a sério, tratei de relembrar dessa lenda logo no início. Nesse caso, gostaria de focar no primeiro jogo da franquia, que foi lançado em 1999 e fez história no primeiro PlayStation.

Na época em que Medal of Honor foi lançado, todos ficaram empolgados com a chance de acompanhar uma história idealizada pelo famoso Steven Spielberg. E sim, o jogo tem um “ar cinematográfico” incrível, que poderia colocá-lo, facilmente, em listas de jogos que viraram filmes. Enfim, uma grande lenda!

Battlefield 1

Despontando como um dos títulos mais importantes de uma franquia lendária, Battlefield 1, de 2016, tem fãs fieis até hoje. O game foca em conflitos que se passam na época da Primeira Guerra Mundial e apresenta uma jogabilidade digna dos melhores jogos FPS da atualidade.

Por mais que o modo multiplayer de Battlefield 1 seja um grande destaque, suas campanhas exibem histórias muito envolventes e focam em eventos que marcaram um dos maiores conflitos armados da humanidade. O game foi muito bem recebido e há quem diga que esse é o melhor jogo de guerra de todos os tempos.

Brothers in Arms: Road to Hill 30

Jogos de Guerra

Voltando ao “campo dos clássicos”, temos o incrível Brothers in Arms: Road to Hill 30, que foi lançado em 2005. Esse foi o título que deu início à franquia Brothers in Arms e até hoje é um grande referência, no que diz respeito à ambientação e à precisão histórica.

Em Brothers in Arms: Road to Hill 30, os players acompanham uma releitura de eventos reais, que aconteceram durante a invasão da Normandia, na época de Segunda Guerra Mundial. O jogo dá aos players o poder de comandar esquadrões e isso faz com que o trabalho em equipe se torne uma peça fundamental da experiência. Muito bom!

Valiant Hearts: The Great War

Saindo um pouco dos jogos de estilo realista, cito agora o belíssimo Valiant Hearts: The Great War, que oferece uma experiência diferenciada, que remete a certos jogos de aventura. Lançado em 2014, o título conta uma história que se passa na época da Primeira Guerra Mundial e é marcado por um enorme apelo emocional.

Por conta das suas construções, Valiant Hearts: The Great War não chega a ter a intensidade de outros jogos de guerra, mas acaba oferecendo uma experiência mais humana, que coloca os players no papel de soldados dos dois lados do conflito. Que jogo!

Hearts of Iron IV

Jogos de Guerra

E para quem é fã de jogos de estratégia, Hearts of Iron IV, de 2016, é um dos grandes destaques do gênero, que seguem a temática das grandes guerras. A história do jogo se passa na época da Segunda Guerra Mundial e os sistemas “in-game” dão ao player total controle sobre diversos elementos.

Por conta das suas construções, Hearts of Iron IV acaba não tendo uma grande profundidade, no que diz respeito ao enredo, mas é inegável que suas mecânicas promove uma experiência bem imersiva. Esse é um daqueles jogos que prendem a atenção por um bom tempo.

Black

Fechando a primeira metade desta lista de jogos de guerra, temos uma lenda inesquecível, conhecida como Black. Lançado em 2006, o game fez história por seu alto nível de dificuldade e pelos conflitos intensos, que acontecem em regiões extremamente perigosas da Rússia.

Black se passa sob uma perspectiva de primeira pessoa e promove uma experiência tão imersiva, que muitos players ainda sonham com uma sequência. Nesse sentido, já existem relatos de um projeto cancelado, mas nada concreto foi apresentado. Isto é, por ora, a história continuará “em aberto”.

Call of Duty: Modern Warfare

Jogos de Guerra

Iniciando a segunda metade da lista com todo o “poder de fogo”, temos Call of Duty: Modern Warfare, de 2019. Esse grande sucesso surgiu para “reiniciar” a série Modern Warfare e conseguiu conquistar os corações dos fãs com um gameplay eletrizante e cheios de situações complicadas.

De modo geral, Call of Duty: Modern Warfare foca em eventos protagonizados por agentes da CIA e coloca os players em situações nas quais muitas escolhas morais, baseadas em táticas, devem ser feitas. Graças ao poderio gráfico das construções, o jogo é extremamente realista e se posiciona como mais uma opção imperdível para quem curte jogos de guerra.

Red Orchestra 2: Heroes of Stalingrad

Falemos agora de um jogo lançado em 2011, que ainda consegue manter os players bastante ocupados, ou seja, o excelente Red Orchestra 2: Heroes of Stalingrad. Como o nome do game sugere, o enredo da aventura gira em torno da Batalha de Stalingrado, que foi uma das mais importantes da Segunda Guerra Mundial. E sim, o conflito é retratado de forma intensa.

Red Orchestra 2: Heroes of Stalingrad apresenta um gameplay muito bem desenvolvido e chama bastante atenção pelas opções multiplayer. Para quem deseja participar de tiroteios online eletrizantes, com direito a muitos modos de jogo distintos, esse game é uma ótima opção.

Company of Heroes

Jogos de Guerra

Voltando aos jogos de estratégia, nossa lista para agora no aclamado Company of Heroes, de 2006. O título também se passa na época da Segunda Guerra Mundial, mas se destaca por seu “approach” diferenciado, que tenta retratar os sacrifícios feitos pelos soldados.

Apresentando cenários devastados e um ambientação impecável, Company of Heroes ainda é apontado como um dos melhores jogos RTS de todos os tempos. Logo, se você curte “dar uma de general”, esse game tem tudo para marcar o seu histórico gamer de uma forma incrível.

Command & Conquer: Red Alert

Aproveitando que citei um RTS, sou obrigado a citar mais uma lenda. Logicamente, estou me referindo a Command & Conquer: Red Alert, que foi lançado em 1996 e até hoje é venerado por muitos players. Não à toa, uma versão remasterizada do título faz parte de uma coletânea que estreou recentemente.

Command & Conquer: Red Alert conta uma história que começa logo após a Segunda Guerra Mundial, mas toma como base uma realidade alternativa, marcada por uma União Soviética ainda mais poderosa e ameaçadora. Resumindo, um “prato cheio” para quem gosta de “conspirações”.

Spec Ops: The Line

Jogos de Guerra

Lançado em 2012, Spec Ops: The Line é, com toda a certeza, um dos melhores jogos de guerra lançados nos últimos tempos. “Digo” isso, pois o jogo tem sim, muitos elementos de ação, mas encanta ainda mais pela história e pela ênfase dada às questões morais que marcam os conflitos armados.

Outro ponto importante acerca de Spec Ops: The Line é o fato de o game ser uma adaptação moderna do romance, Heart of Darkness, escrito por Joseph Conrad. Em outras palavras, o game tem uma profundidade que dificilmente encontramos em jogos de ação.

This War of Mine

Para arrematar esta lista, meu eleito é o incrível This War of Mine, de 2014. Mesmo fazendo parte do grupo dos jogos indie e promovendo uma experiência pouco comum, em relação a outros jogos de guerra, esse título é um dos melhores que eu já joguei em toda a minha vida.

Os eventos de This War of Mine foram inspirados no famoso Cerco de Sarajevo, que foi um evento marcante da Guerra da Bósnia. No entanto, o game coloca o foco nos civis e na forma como os conflitos armados colocaram suas vidas em risco. O game também pode ser incluído no grupo dos jogos de sobrevivência, mas é, inegavelmente, um jogo que transcende os limites do “mero entretenimento”.

Jogos de Guerra vão muito além da ação…

Como pôde notar, a minha seleção é uma prova de que os jogos de guerra vão muito além da ação. Sim! Apesar de a adrenalina fazer parte dos contextos desses games, suas histórias e o tratamento dado aos protagonistas revelam uma profundidade enorme e os tornam experiências obrigatórias.

Portanto, se você curte jogos de guerra ou estava procurando por títulos interessantes, dentro dessa temática, sugiro que não deixe de aproveitar as minhas sugestões. Obviamente, se você também tiver sugestões a fazer, fique à vontade para registrar as suas indicações no campo dos comentários. Até mais…

Deixe seu comentário!