Jogos FPS: 10 Franquias que Fizeram a História do Gênero

Os jogos FPS (First Person Shooter ou Jogo de Tiro em Primeira Pessoa) são figuras marcantes na história dos games desde a década de 1990. Esses games apresentam tiroteios virtuais muito intensos e, geralmente, estão sempre figurando nas primeiras posições dos rankings de games mais vendidos.

Pois é! A popularidade dos jogos desse tipo é assustadora e, felizmente, há muitas franquias de alto nível à disposição dos players. Na verdade, a história dos jogos FPS é marcada por nomes inesquecíveis. Aliás, foi em reconhecimento a alguns desses nomes que eu resolvi criar este post.

Então, se você deseja embarcar em uma jornada nostálgica e falar sobre 10 franquias de jogos FPS que fizeram história e ajudaram a construir o gênero, sugiro que não deixe de conferir até o fim. Vamos começar?

Wolfenstein

Jogos FPS

Para abrir esta lista com títulos lendários, nada mais justo do que citar aquela franquia que é a apontada como a principal precursora dos jogos FPS, ou seja, Wolfenstein. Apesar de o primeiro game da série ter sido lançado em 1981, foi apenas em 1992, com Wolfenstein 3D, que a “história começou a ser escrita”.

O referido game foi um marco na indústria e conseguiu estabelecer as bases para os shooters que vieram após ele. Ao longo dos anos, a franquia foi “passando pelas mãos” de muitas desenvolvedoras e sendo apresentada de diversas formas maneiras. Ainda assim, Wolfenstein: Youngblood (título mais recente, lançado em 2019) oferece uma aventura à altura do primeiro game.

Doom

Se Wolfenstein 3D foi definiu as bases para os jogos FPS, foi Doom, de 1993, que tratou de concluir o trabalho e elevar os jogos desse tipo a um outro patamar. A ideia de enfrentar ameaças vindas diretamente do inferno arrebatou muitos players e o gameplay conseguiu estabelecer um novo limite de adrenalina para a jogatina da época.

Em seus muitos anos de vida, a franquia Doom recebeu diversos títulos e teve muitos altos e baixos. Todavia, em 2020, Doom Eternal surgiu para recolocar a série no topo. O game resume tudo que um jogo de tiro em primeira pessoa deve apresentar e faz tudo isso com um nível de performance impecável. Lenda!

Quake

Mesmo sem apresentar um novo título desde 2004, Quake ainda é uma franquia muito importante entre os jogos de tiro em primeira pessoa. A série, que começou em 1996, é um produto dos mesmos criadores de Doom e Wolfenstein 3D e, por isso, acabou funcionando como uma evolução natural dos dois games.

De modo geral, os jogos da franquia Quake colocam os players no papel de um soldado que viaja por dimensões alternativas, com o intuito de evitar uma invasão oriunda, às vezes do inferno, às vezes de um planeta alienígena. Mesmo com seu roteiro bagunçado, a série se destaca pelo gameplay intenso. Muito bom!

Duke Nukem

Jogos FPS

Falando em séries que não recebem novos títulos há algum tempo, temos Duke Nukem, cuja história foi escrita entre 1991 e 2011. “Bebendo da mesma fonte dos clássicos da sua época”, a franquia conseguiu se destacar por apresentar um personagem principal controverso e algumas cenas bem polêmicas.

Desde que passou para o “formato FPS”, a franquia Duke Nukem tem sido um exemplo de tiroteio virtual insano. Infelizmente, apesar de algumas notícias terem indicado que um novo jogo estava a caminho, funcionários da Gearbox Software (dona da IP) alegaram que a empresa não tem planos para um retorno. É uma pena!

Half-Life

Jogos FPS

Fechando a primeira metade desta lista de jogos FPS, temos a amada franquia Half-Life. A história da série começou em 1998, com o primeiro título e, desde então, o personagem Gordon Freeman tem surgido como um dos símbolos do mundo gamer.

Os jogos da franquia Half-Life sempre apresentaram um gameplay intenso, com uma ambientação sci-fi impecável. Recentemente, Half-Life: Alyx (2020) foi lançado e “colocou a série dentro do segmento de Realidade Virtual”, elevando o gameplay ao nível dos melhores jogos de ação da atualidade.

Counter-Strike

Jogos FPS

Abrindo a segunda metade desta lista, temos a franquia Counter-Strike, cujo primeiro título foi lançado em 1999, como um mod de Half-Life. Essa série foi crescendo aos poucos e hoje, graças ao aclamado Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO), é uma das mais importantes entre os jogos FPS.

Dentre os maiores destaque dos jogos da franquia Counter-Strike, o gameplay competitivo é aquele que mais “salta aos olhos”. Não à toa, CS:GO, lançado em 2012, ainda é uma das principais opções no mundo dos eSports e continua registrando números absurdos, no que tange à quantidade de players jogando diariamente.

Medal of Honor

Jogos FPS

Chamando a atenção por ter sido criada pelo cineasta Steven Spielberg, a franquia Medal of Honor fez a sua estreia em 1999 e ainda hoje é lembrada com muito carinho pelos fãs. A série não ganha um novo título desde 2012, mas sua contribuição para os “tiroteios virtuais” é grandiosa.

Os jogos da franquia Medal of Honor se destacam por apresentarem histórias situadas na época da Segunda Guerra Mundial. Além de um gameplay cheio de ação, as fases exibem objetivos interessantes e sempre exigem um raciocínio mais estratégico. Enfim, temos que torcer para que alguma novidade (dentro da série) seja anunciada para a próxima geração de consoles.

Halo

Falemos agora de uma franquia que ajudou a colocar o Xbox dentro da “guerra dos consoles”. Sim, estou falando de Halo. Como todo bom gamer sabe, foi o primeiro Halo, de 2001, que impulsionou as vendas do primeiro Xbox e ajudou a Microsoft a se consolidar no mercado.

Além disso, Halo também se destaca como o game que projetou o icônico personagem “Master Chief”, que acabou se tornando um ícone do mundo dos games. A franquia é tão importante que a Microsoft resolveu transformar o próximo Halo em um símbolo da estreia do Xbox Series X. Temos que ficar de olho!

Rainbow Six

Inspirada nos trabalhos do autor Tom Clancy, a franquia Rainbow Six fez a sua estreia em 1998 e sempre se destacou por exibir um gameplay movimentado e cheio de elementos táticos. A série conta com muitos títulos em seu histórico, mas poucos merecem tanto destaque quanto Rainbow Six Siege.

E esse destaque dado a Rainbow Six Siege guarda relação direta com o fato de o game promover uma experiência muito competitiva e cheia de grandes opções para quem curte jogos multiplayer. O título é mais um grande sucesso da cena dos eSports e merece ser experimentado.

Call of Duty

Jogos FPS

Para fechar esta lista com grandes franquias de jogos FPS, eu não poderia falar sobre outra série a não ser Call of Duty. Desde a sua estreia, em 2003, COD (como também é conhecida) se tornou um exemplo de “tiroteio virtual” e acumulou muitos recordes, em termos de unidades vendidas.

Apesar de os games da franquia Call of Duty apresentarem temáticas e contextos variados, em todos os títulos a ação é intensa. Em 2019, Call of Duty: Modern Warfare renovou o “poder de fogo” da série e Call of Duty Warzone a colocou no segmento dos jogos Battle Royale. Resumindo, COD é uma sigla que merece respeito.

Jogos FPS: confrontos explosivos!

Nesta lista com belos jogos FPS, tratei de relembrar algumas das franquias mais importantes, dentre os jogos desse tipo. Como pôde notar, montei a minha seleção com base em aspectos como nostalgia, números de vendas, representatividade no cenário competitivo, etc. Logicamente, sei que acabei deixando outras grandes franquias “de fora”.

Sendo assim, gostaria de contar com o seu apoio. Isto é, se você tiver outras franquias de jogos FPS a indicar, peço que não deixe de registrar as suas sugestões no campo dos comentários. Desse modo, prestaremos uma bela homenagem a todos os grandes exemplos que ajudaram a construir esse gênero. Até mais…

Deixe seu comentário!