Eiyuden Chronicle: O Sucessor Espiritual de Suikoden

Há alguns dias, um futuro game chamado Eiyuden Chronicle: Hundred Heroes conseguiu mexer com as memórias e corações de muitos fãs de jogos de RPG. Isso aconteceu, pois o projeto está sendo desenvolvido pelo criador da lendária franquia Suikoden, que marcou época (principalmente) na “era do PS1”.

O projeto está com uma campanha ativa no Kickstarter e seus detalhes foram suficientes para bater a meta proposta em menos de 24h. Na verdade, ainda faltam alguns dias para a campanha chegar ao fim e o valor arrecadado já está quase alcançado seis vezes o valor inicial desejado.

Diante de tamanho sucesso, resolvi criar este breve preview do famigerado Eiyuden Chronicle: Hundred Heroes. Isto é, neste post irei apresentar alguns detalhes do vindouro game, a fim de ajudar a ajustar as suas expectativas para essa promissora aventura. Então, se você curte jogos de RPG clássicos, sugiro que não deixe de acompanhar até o fim… vamos começar?

Eiyuden Chronicle: o resumo da obra

Eiyuden Chronicle: Hundred Heroes

Antes mesmo de a campanha no Kickstarter ser lançada, Eiyuden Chronicle: Hundred Heroes já havia chamado a atenção da comunidade gamer por ser um produto do cocriador da lendária franquia Suikoden.

Para quem não se lembra, a história de Suikoden teve início em 1995 (no PS1) e, embora a franquia tenha tido títulos até 2012, os dois primeiros games da série é que realmente marcaram época (de forma ainda mais especial, Suikoden II).

De modo geral, Suikoden chamava a atenção por sua trama, pelos variados sistemas “in-game” e, claro, pela presença de mais de 100 personagens. Logo, quando Eiyuden Chronicle: Hundred Heroes surgiu, prometendo mais de 100 personagens também, os fãs mais veteranos foram à loucura.

Após o lançamento da campanha no Kickstarter, os players puderam verificar que o visual do game remete muito ao excelente Octopath Traveler, de 2018. Obviamente, as semelhanças com esse aclamado RPG também ajudaram a fazer o projeto parecer ainda mais atrativo.

Portanto, podemos dizer que Eiyuden Chronicle: Hundred Heroes é um JRPG “à moda antiga”, que conta com um belo visual, promete muitos personagens e sistemas “in-game” à altura dos clássicos games de uma franquia lendária. Em outras palavras, podemos estar diante de um verdadeiro sucessor espiritual de Suikoden.

Destaques de Eiyuden Chronicle

Agora que você já tem uma ideia geral sobre Eiyuden Chronicle: Hundred Heroes, posso apresentar alguns dos detalhes que me chamaram atenção, em relação ao vindouro título. Logicamente, vou pontuar aqui as minhas impressões em relação às informações que já foram liberadas oficialmente…

Desenvolvedores de Suikoden

O primeiro grande destaque de Eiyuden Chronicle: Hundred Heroes é, sem sombra de dúvidas, o seu time de desenvolvimento.

Na equipe, temos Yoshitaka Murayama (criador da franquia Suikoden e diretor dos dois primeiros títulos) e Junko Kawano (que foi uma peça fundamental na produção do primeiro e do quarto Suikoden).

Além desses profissionais ligados à franquia Suikoden, outros nomes lendários, como Motoi Sakuraba (Tales of, Golden Sun e outros) e Michiko Naruke (Wild Arms) também assinam o projeto.

Diante dessas informações, só podemos concluir que o time de desenvolvimento tem experiência de sobra, para criar um RPG capaz de ficar à altura dos grandes clássicos do gênero.

JRPG Clássico com um “Ar de Modernidade”

Outro ponto que me chamou muita atenção em Eiyuden Chronicle: Hundred Heroes foi o fato de o game não parecer uma mera réplica dos grandes JRPGs do passado.

Conforme eu destaquei, o visual da aventura remete ao ótimo Octopath Traveler, que é um jogo recente, e todas as estruturas contam com uma profundidade singular.

O “ar de modernidade” do game fica ainda mais evidente quando observamos a apresentação do sistema de batalha. De certo modo, a construção das lutas nos faz lembrar de clássicos como Suikoden e Saga Frontier, mas contam com transições de câmera e perspectivas bem diferenciadas.

100 Personagens (agora são mais do que isso)

Quem jogou qualquer jogo da franquia Suikoden se divertiu bastante com a busca pelos muitos personagens que esses games apresentavam. Por isso, saber que Eiyuden Chronicle: Hundred Heroes também terá 100 personagens é algo animador.

Na realidade, apesar de o título do game sugerir que teremos 100 heróis (Hundred Heroes), diversas metas (que já foram batidas) da campanha no Kickstarter adicionarão mais personagens ao game.

De todo modo, resta saber se o game cumprirá a façanha de dar boas histórias a todos esses personagens. Isso foi algo que, na minha visão, apenas o Suikoden II conseguiu fazer. Não à toa, esse é o título mais aclamado da franquia.

Visual

Por mais que eu já tenha falado um pouco sobre o visual de Eiyuden Chronicle: Hundred Heroes, é inegável que esse aspecto merece ser enaltecido, dentre as muitas qualidades que a prévia do game apresentou.

Pelas imagens e vídeos liberados até o momento, foi possível verificar que o jogo irá contar com uma mescla de impecáveis construções em pixel art e ambientes tridimensionais muito estilosos.

Ademais, os efeitos visuais e as animações prometem dar ao game um dinamismo sem igual (o “ar de modernidade” que eu citei). Em síntese, o padrão visual tem boas referências, mas fica muito longe de ser uma cópia de títulos consagrados.

Eiyuden Chronicle: sucesso no Kickstarter

Para completar a minha “rodada de destaques”, sou obrigado a ressaltar o grande sucesso de Eiyuden Chronicle: Hundred Heroes no Kickstarter.

Para você ter uma ideia, a primeira meta dos desenvolvedores era levantar algo em torno de 500 mil dólares. No entanto, esse valor foi alcançado em menos de 24h. Agora, o valor arrecadado já está próximo dos 3 milhões de dólares!

Esse resultado tão positivo é um indício de que o game conseguiu mexer com os fãs de jogos de RPG, especialmente os mais veteranos.

Cabe ressaltar também que os valores arrecadado já liberaram uma série de novidades para o game. Nesse caso, destaco a chegada de novos heróis, a adição de novos sistemas “in-game” e a adição de versões para os consoles (a ideia inicial era lançar o game apenas nos PCs).

E mais, para os fãs brasileiros, deixo aqui um alerta: uma nova meta da campanha surgiu recentemente, prometendo localizar o game para o nosso país! Pois é! Se os valores arrecadados continuarem acumulando, Eiyuden Chronicle: Hundred Heroes terá uma versão “PT-BR”.

Eiyuden Chronicle: Hundred Heroes

Eiyuden Chronicle: Hundred Heroes – o que podemos esperar?

Conforme pôde perceber, Eiyuden Chronicle: Hundred Heroes tem tudo para ser uma jornada memorável e perfeitamente ajustada aos gostos dos veteranos fãs dos lendários JRPGs que brilharam na década de 1990.

Muito mais do que um possível sucessor espiritual de Suikoden, o game promete construções que mesclam elementos clássicos e modernos de uma forma bem harmônica e atrativa, com sistemas dinâmicos e belas animações.

Além do mais, a campanha do game no Kickstarter já pode ser considerada como  um grande sucesso e já adicionou ao game uma boa série de sistemas e novidades (com a promessa de uma versão em português brasileiro, não se esqueça).

Concluindo, Eiyuden Chronicle: Hundred Heroes conseguiu me “deixar no hype” e, se você é tão fã de JRPGs quanto eu, acredito que a sua empolgação seja grande também. A campanha no Kickstarter ainda está a ativa, mas o game já foi financiado e está previsto para ser lançado em 2022. De qualquer forma, esse é um título que merece total atenção. Até mais…

Deixe seu comentário!