13 Jogos de Terror que mexem com os nossos nervos!

Quando analisamos o grupo dos jogos de terror já lançados, podemos verificar que esse tipo de game tem uma enorme legião de fãs e não fica preso a um padrão de construção, ou seja, sendo aterrorizante ou promovendo uma atmosfera incômoda, não importa se o jogo é em primeira pessoa, 2D, etc.

Além disso, já se foi o tempo em que as histórias de terror falavam apenas de zumbis e monstros. Hoje em dia, as coisas evoluíram a tal ponto, que certas jornadas abordam temas profundos, como problemas psicológicos, máquinas sencientes e muito mais.

E para lhe dar uma bela ideia da grande versatilidade alcançada pelos jogos de terror mais recentes, resolvi criar esta lista com 13 opções que, a seu modo, conseguem nos dar aquela sensação de que a nossa “espinha” está congelando. Então, prepare o coração… vamos começar?

Wick

Jogos que dão medo

Abrindo esta lista com jogos de terror que “gelam a espinha”, temos Wick, que foi lançado em 2015 e promove uma jornada ambientada em uma floresta macabra, na qual fantasmas de crianças desaparecidas surgem para mexer com o nosso juízo.

Como não poderia deixar de ser, ao entrar na floresta, tudo é extremamente escuro. O jogo apresenta uma construção em primeira pessoa, o que faz a imersão ficar enorme e, vez ou outra, gera alguns sustos. E o pior de tudo, é que você ainda tem que ficar alerta à chama de uma vela, que é a única fonte de luz disponível. Que jogo estranho!

Pacify

Jogos apavorantes

Falemos agora do aterrorizante Pacify, de 2019. Por sua premissa, esse game remete a muitos filmes de terror famosos e consegue realmente deixar os players em um constante estado de tensão. Tudo se passa em uma casa mal assombrada e a presença de uma garota misteriosa deixa tudo ainda pior.

Por ser uma aventura em primeira pessoa, Pacify também apresenta um bom nível de imersão. As situações que acontecem dentro dos corredores da casa são completamente inesperadas. Além disso, o game ainda tem um modo multiplayer, o que pode ajudar a diluir um pouco o pavor.

Amnesia: The Dark Descent

Jogos que causam enorme terror psicológico

Apesar de ter sido lançado em 2010, Amnesia: The Dark Descent já é considerado um clássico entre os jogos de terror. O game conta com uma ambientação sombria, que consegue criar uma atmosfera bastante pesada. E o fato de o personagem principal ter problemas de memória complica tudo.

Amnesia: The Dark Descent também oferece uma experiência imersiva, em primeira pessoa. Aliás, a imersão é favorecida por efeitos sonoros dinâmicos e por suas situações controversas. O jogo não tem cut-scenes ou passagens mais calmas. Tudo acontece sem prévio aviso e a luta pela sobrevivência é voraz.

Blair Witch

Jogos de Terror

Inspirado nos filmes da famosa franquia “A Bruxa de Blair”, Blair Witch (2019) é um game projetado para colocar os players em situações de muito estresse, “testando” suas reações ao medo. O game tem uma história interessante e a ambientação é pontual, ao replicar o universo cinematográfico.

O game foca em promover um profundo terror psicológico. Isto é, essa aventura, que também se passa em primeira pessoa, não é daquele tipo que dá uma série de sustos gratuitos. O jogo vai mexendo com os ânimos aos poucos, promovendo um estado de tensão impressionante.

Suite 776

Jogos de Terror

Lançado em 2019, Suite 776 é um dos jogos de terror menos badalados desta lista, mas que merece estar entre as opções por promover uma experiência cheia de reviravoltas e por colocar os players no limite, mexendo com diversas sensações como a curiosidade, o medo, etc.

De modo geral, Suite 776 se passa em uma casa projetada por uma famosa arquiteta que tirou a própria vida e, supostamente, passou a assombrar o lugar após a tragédia. O jogo é bem curto, tem três finais diferentes e conta com algumas situações que farão o seu coração “pular pela boca”.

Until Dawn

Jogos de Terror

Until Dawn é um daqueles jogos de terror que poderiam, facilmente, ser transformados em um filme. O game, que foi lançado em 2015, apresenta uma história muito bem elaborada, com personagens bem desenvolvidos e situações nas quais os players devem fazer escolhas que podem alterar o rumo de tudo.

A ambientação é aterrorizante e o nível de tensão vai crescendo à medida que os players vão avançando na aventura. Além do mais, Until Dawn conta com uma série de elementos inexplicáveis, mas que fazem sentido, dentro da construção impecável do jogo. Esse é um poderoso exclusivo do PS4.

Sally Face

Jogos de Terror

No ponto médio desta lista, resolvi apostar em um game bastante diferente. Sally Face, lançado em 2016, não chega a ser um jogo aterrorizante, por ser todo desenhado (com um belo padrão artístico), mas se eu fosse resumir a aventura em uma única palavra, essa palavra seria: perturbador (insano também caberia).

O jogo conta a história de um garoto que tem uma face protética e que carrega uma “mala cheia de traumas”. A narrativa é inteligente e cativante e o gameplay conta com elementos de jogos de puzzle e aventura. Como eu destaquei, não é um jogo aterrorizante, mas, com certeza, é uma alternativa que incomoda.

>observer_

Jogos de Terror

Falando em games perturbadores, cito agora o aclamado >observer_, que foi lançado em 2017. Esse título traz uma premissa diferenciada, na qual, em um futuro não tão distante, um detetive consegue invadir as mentes das pessoas, a fim de enfrentar os medos dela e procurar por pistas.

O game tem uma bela pegada sci-fi e uma trama capaz de deixar o player envolvido do início ao fim. Logicamente, ao longo da aventura, diversas situações problemáticas devem ser superadas. E como lidamos com os medos dos personagens, as coisas chegam a ficar bem tensas. Grande game!

The Beast Inside

Jogos de Terror

Para quem curte experiências mais viscerais e realistas, The Beast Inside, de 2019, pode ser a melhor escolha (ou pior, já que estamos falando de jogos de terror). O game se passa em uma perspectiva de primeira pessoa e traz construções fotorrealistas (que elevam os níveis de imersão e tensão ao máximo).

O game é bastante pesado e consegue mexer com os ânimos de uma forma contundente. Apesar disso, uma história bem interessante é contada e envolve dois protagonistas de séculos distintos, mas que possuem uma forte ligação. Em suma, The Beast Inside é um “desafio para cardíacos”.

Outlast

Survival Horror

Outlast é mais um dos jogos de terror relativamente recentes que já são considerados clássicos do gênero. Lançado em 2013, o game, que também exibe construções em primeira pessoa, se passa em um hospício e coloca o player no controle de um jornalista, que faz de tudo para investigar um terrível mistério.

Obviamente, por ser um jornalista, o protagonista da aventura não possui meios para enfrentar, “no braço”, os perigos escondidos dentro das paredes do tal manicômio. E essa é apenas uma das muitas dificuldades que devem ser superadas nesse game, que não dá um segundo de folga para os nossos nervos.

Visage

Jogos Aterrorizantes

Citado por muitos como o sucessor espiritual do lendário Silent Hills (P.T.), Visage, de 2018, se passa em uma grande casa, na qual diversas tragédias já aconteceram. Ao caminhar pelos corredores da edificação, os players ainda se deparam com uma série de entidades e não têm outra opção, a não ser a fuga.

Visage é um game caótico e cheio de nuances que colocam os players em diversos estados de espírito. Às vezes, o susto é rápido e violento… às vezes, lento e cruel. Com certeza, esse é um dos jogos de terror mais perturbadores dos últimos anos. Jogue-o por sua conta e risco.

Layers of Fear

Jogos de Terror

Falando em jogos perturbadores, esta lista “esbarra” agora no insano Layers of Fear, de 2016. Esse game se passa em uma mansão e prova que o principal inimigo de um ser humano é a sua própria mente. Afinal, o protagonista dessa aventura é completamente louco.

Pois é! Como o jogo promove uma experiência em primeira pessoa, os players acabam entrando na pele de um artista cuja “mente quebrada” acaba provocando momentos de extremo terror psicológico. Apesar da excelente história, é a ambientação que faz de Layers of Fear um dos melhores jogos de terror de todos os tempos.

The Evil Within

Jogos Assustadores

Para arrematar a lista, meu eleito é o poderoso The Evil Within, de 2014. O game é um produto do lendário Shinji Mikami (criador de Resident Evil) e merecia ser muito mais conhecido do que é, já que ele contém todos os elementos de um grande jogo de terror e oferece situações dignas dos piores pesadelos.

A história de The Evil Within se passa em um hospício que não é nada agradável. Na pele de um detetive veterano, os players devem superar situações extremas, como um sádico com uma serra-elétrica, uma “força desconhecida” e outros terrores pouco amigáveis. Resumindo, um “prato cheio” para os fãs do gênero.

Jogos de Terror: desafios para testar os nervos!

Como pôde perceber, tratei de incluir nesta lista apenas os títulos lançados nos últimos anos. Minha intenção, como eu havia destacado, foi provar que os jogos de terror evoluíram muito na última década e passaram a oferecer experiências muitos mais complexas do que um “simples” apocalipse zumbi.

De qualquer forma, é sempre bom lembrar que, além dos títulos que eu citei, há outros jogos de terror muito bons por aí. E, claro, se você quiser fazer as suas indicações, fique à vontade para usar o campo dos comentários, ok? Desse modo, teremos uma lista ainda mais completa… e aterrorizante. Até mais…

Deixe seu comentário!