12 Jogos para Dois que Garantem um Co-op de Respeito!

No passado, mais para a “era dos 16 bits e dos arcades”, os famosos “jogos para dois” garantiram muitas experiências cooperativas para os players. Contudo, com o passar do tempo e a ascensão dos jogos multiplayer online, o formato “co-op” acabou ficando um pouco de lado.

Bem, o tempo passou e, de uns anos para cá, muitos games trataram de reviver as aventuras cooperativas, promovendo jornadas incríveis para os Players 1 e 2 (em alguns casos, 3 e 4 também). E isso, claro, tem sido muito bem aproveitado por quem curte jogar e trabalhar em equipe.

Como eu sou um grande fã de “jogos para dois”, resolvi criar uma lista com 12 títulos que garantem um co-op de respeito. Logicamente, foquei em títulos relativamente novos, para provar que a popularidade dos jogos cooperativos vem retomando os níveis de outrora… bora para a lista?

Streets of Rage 4

Os jogos do gênero Beat ‘em Up são exemplos que ilustram perfeitamente como os “jogos para dois” foram populares no passado. Nesses games, os players uniam forças para “descer o braço” nos adversários. Por isso, resolvi abrir esta lista com Streets of Rage 4, lançado em 2020.

Por mais que o jogo tenha recebido um visual completamente atualizado, suas mecânicas ainda remetem aos seus antecessores, que brilharam no Mega Drive. Logo, essa aventura acaba se tornando uma bela opção para os players que gostam de trabalhar em equipe. Ótimo jogo!

Cuphead

Cuphead, de 2017, é um dos indies mais aclamados dos últimos tempos e muitos adoram o game pela história, pelos desafios e, especialmente, pelo visual retrô. O game remete a desenhos da década de 1930 e, mesmo parecendo infantil, aborda temas bem pesados, como pactos com o Diabo e outras questões controversas.

Contudo, o que poucas pessoas enaltecem em relação ao título é o seu modo cooperativo. Sim, é possível aproveitar a aventura com o apoio de um Player 2. Nesse caso, Cuphead e Mugman unem forças para superar os muitos obstáculos que surgem pelo caminho. E, por favor, não se engane… o jogo é “bonitinho”, mas é extremamente difícil!

Castle Crashers

Voltando um pouco mais no tempo, para o ano de 2008, esta lista “estaciona” no incrível Castle Crashers. Esse título é um dos melhores jogos cooperativos da história, sem exagero. O game garante uma jogatina para até 4 jogadores, mas merece estar nesta lista de “jogos para dois”.

De modo geral, Castle Crashers é um Beat ‘em Up 2D, que apresenta um design muito bem elaborado e um gameplay cheio de ação. Os personagens são cavaleiros bem simpáticos, que podem ser desenvolvidos por meio de um sistema de níveis e, geralmente, causam muita destruição.

Broforce

Falemos agora de um game que não dá um mísero segundo para os players descansarem. Pois é! Broforce, de 2015, pode até ter um visual bem limitado, com construções 2D em pixel art, mas seu gameplay é muito divertido e viciante. Sem dúvidas, um dos “jogos para dois” mais interessantes da década.

No game, os players assumem o controle de heróis caricatos e altamente explosivos (no melhor estilo “Rambo”) e se posicionam contra as forças de uma organização paramilitar que é uma verdadeira ameaça à paz no mundo. Esse é aquele tipo de game que garante altos níveis de adrenalina. Não deixe de conferir!

Overcooked!

Fugindo um pouco das seções de tiros e pancadaria, Overcooked!, de 2016, coloca os players dentro de cozinhas caóticas e os desafia a criar pratos para alimentar a todos. Tanto esse game, quanto seu sucessor (Overcooked! 2, de 2018) são exemplos de como um jogo cooperativo deve funcionar.

Ao longo da aventura, os players devem realmente coordenar as ações e manter uma comunicação clara, para poder superar os desafios. E como se a criação dos pratos já não fosse bem complicada, os cenários possuem muitos obstáculos e o relógio nunca para de correr. De todo modo, a diversão é garantida!

Darksiders Genesis

Com “ares de Diablo”, Darksiders Genesis (2019) surge como mais uma bela opção nesta lista de “jogos para dois”. O título foca em contar um pouco mais sobre a história da franquia Darksiders e traz um detalhe que remete aos jogos co-op do passado; a tela dividida!

Darksiders Genesis se passa em um cenário fantasioso, sob uma perspectiva “quase top-down” e traz elementos dignos dos melhores jogos do gênero “Hack and Slash”. Desse modo, Player 1 e Player 2 podem embarcar em uma jornada memorável e enfrentar chefões assustadores e perigos inimagináveis.

Minecraft Dungeons

Lançado em 2020, Minecraft Dungeons é mais um game “com ares de Diablo” que garante uma experiência co-op de alta qualidade. Apesar da “aparência infantil” (típica do universo de Minecraft), o game possui um nível de dificuldade que não pode ser subestimado.

Mesmo não oferecendo uma história muito profunda, Minecraft Dungeons garante momentos de muita diversão e conflitos bem movimentados. Isto é, o jogo é uma ótima opção para uma diversão casual. E como se trata de um game novo, as atualizações continuam surgindo com frequência. Muito bom!

Outward

Dentre todos os games citados nesta lista de “jogos para dois”, Outward, de 2019, é aquele que traz o modo co-op mais avançado. O game é um Action RPG de mundo aberto, que apresenta uma premissa interessante: os personagens são pessoas comuns e não heróis com poderes sobrenaturais.

Por conta dessa premissa, o gameplay acaba se tornando bastante desafiador, já que, na maior parte dos casos, temos uma pessoa comum lutando contra perigos surreais. No que tange ao co-op, o gameplay se desenrola por meio da boa e velha tela dividida. E sim, é uma experiência imperdível.

Blazing Chrome

Lançado em 2019, Blazing Chrome é um jogo brasileiro que remete a clássicos, como Contra e GunForce, e consegue prender a atenção dos jogadores por um longo período de tempo. Os gráficos possuem um estilo retrô e o co-op é uma das essências do título.

Como todo bom Shoot ‘em Up, Blazing Chrome é marcado por uma chuva de projéteis e hordas de inimigos agressivos. Devido a isso, as fases do game acabam ficando bem complicadas. Para poder superar os desafios, o trabalho em equipe não é uma opção, é uma obrigatoriedade. Grande game!

A Way Out

Em todas as listas que crio, sempre tento incluir um título que merecia ser muito mais conhecido do que é. E nesta lista de “jogos para dois”, A Way Out é esse título. O game foi lançado em 2018 e traz uma interessante premissa: os players controlam prisioneiros, que devem idealizar e consumar uma fuga espetacular.

Classificado como um jogo de ação e aventura, o título se passa sob uma perspectiva de terceira pessoa e garante um co-op em tela dividida. Além disso, a história do game é muito envolvente e tem um desfecho bem recompensador. Esse é o tipo de jogo que podemos acompanhar como se ele fosse um filme.

One Piece: Pirate Warriors 4

Os jogos do gênero “Musou” costumam ser opções óbvias para quem busca por um gameplay cooperativo de alto nível. Diante disso, para poder incluir aqui uma opção desse gênero, resolvi citar o ótimo One Piece: Pirate Warriors 4, que foi lançado em 2020 e consegue garantir boas horas de diversão.

Nessa aventura, os players podem assumir o controle de muitos dos personagens mais famosos do anime One Piece. Daí, o que vem depois são conflitos marcados por hordas de inimigos e certa dose de estratégia. Os golpes especiais são muito legais e o visual da aventura está incrível. Excelente opção!

Salt and Sanctuary

Para arrematar esta lista de “jogos para dois”, meu eleito é um dos games mais interessantes que joguei nos últimos tempos: Salt and Sanctuary (2016). Para quem não dispensa um bom desafio, essa aventura é imperdível. Não à toa, o jogo é classificado por muitos como o “Dark Souls 2D”.

No que diz respeito ao co-op, a jogatina se desenrola logo após o Player 1 conseguir um item específico e convocar um mercenário para lutar ao seu lado. Quando isso acontece, os dois aventureiros podem explorar um mundo sombrio e cheio de perigos. Que jogo incrível!

Jogos para Dois: convoque o player 2 e dê início à jogatina!

Conforme pôde notar, tratei de incluir títulos relativamente recentes na lista. Minha intenção, como eu já havia destacado, foi provar que os jogos co-op têm recuperado parte da popularidade que eles tiveram no passado e mostrar como as novas experiências também são excelentes.

Obviamente, a minha lista de “jogos para dois” foi montada com base nas minhas sessões de jogatina. Assim sendo, convido você a compartilhar o post e comentar, indicando mais jogos que promovem um co-op de respeito. Conto com a sua colaboração. Até mais…

Deixe seu comentário!